Domingo na Yayá (24/11) : CoralUSP Grupo Lapa

Os bailes nostalgia são eventos tradicionais em São Paulo e todo o Brasil.  Na semana em que se comemora o Dia da Consciência Negra o grupo Lapa do CoralUSP homenageia a cultura afro-brasileira com o repertório  “Baile nostalgia”. O grupo interpreta  o gênero black music com canções de compositores e intérpretes dos anos  1970 e 1980 como Tim Maia, Jorge Ben Jor, Wilson Simonal, Genival Cassiano, Hyldon, Di Melo, Gerson King Combo e Sandra de Sá.

O grupo Lapa é um dos 15 coros compõem o Coral da Universiade de São Paulo, uma das atividades de cultura e extensão universitária da USP.  A proposta musical do grupo,  que tem coordenação e regência de Mauro Aulicino, é voltada para a música popular brasileira e suas variadas influências. Os ensaios acontecem às segundas e quartas-feiras, das 20h às 22h15, na Prefeitura Regional LAPA.

Domingo na Yayá – CoralUSP Grupo Lapa 

Data

24/11/2019

Horário

Das 11h às 12h

Visitação: das 10h às 13h

Local

CPC-USP/Casa de Dona Yayá

Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista – São Paulo

Para todas as idades.

Entrada gratuita.

Domingo na Yayá (10/11): Oficina Arqueologia do Futuro/MAE-USP

 

O CPC recebe mais uma vez a equipe de difusão cultural do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, que vai apresentar ao púbico infantil e adulto  princípios da ciência arqueológica por meio de objetos e maquetes táteis.  A oficina propõe refletir sobre o passado da região central de São Paulo e explorar seus diferentes momentos de ocupação, assim como projetar o imaginário para o futuro da cidade.

Esta programação integra a proposta da exposição “Museus e acervos da USP”, em cartaz na Casa de Dona Yayá, de divulgar o rico patrimônio cultural em acervos e coleções que cumprem importante papel na construção do conhecimento, da pesquisa científica e da extensão universitária.

Um dos quatro museus estatutários da USP, o MAE tem sob sua guarda um riquíssimo acervo de arqueologia e etnologia, áreas nas quais  também desenvole pesquisa de ponta,  além da forte atuação na divulgação científica por meio de exposições e atividades educativas. O acervo do MAE é composto por aproximadamente 1.500.000 itens, incluindo bojetos arqueológicos e etnográficos produzidos em diferentes continentes e épocas distintas – desde a Europa Paelolítica, com dezenas de milhares de anos de antiguidade,  até a produção recente de artefatos dos povos indígenas do Brasil.

 

Domingo na Yayá – Oficina Arqueologia do Futuro

Data

10/11/2019

Horário

Das 11h às 12h30

Visitação: das 10h às 13h

Local

CPC-USP/Casa de Dona Yayá

Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista – São Paulo

Para todas as idades.

Entrada gratuita.

 

Nota de adiamento do Seminário Debatendo os territórios de interesse da cultura e da paisagem

Nota de adiamento do seminário

É com imenso pesar que informamos o falecimento de José Soró, importante parceiro na concepção e construção dos Territórios de Interesse da Cultura e da Paisagem. Soró era comprometido com causas sociais e ativista da arte e cultura.

Em função de nosso luto pela perda de tão importante parceiro, o segundo dia do Seminário Debatendo os territórios de interesse da cultura e da paisagem foi adiado para 14 de novembro, em local e condições a serem divulgadas.

Conversa com pesquisadora (6/11/2019). Museu de arte, setor educativo e seus públicos: encontros com artistas

Conversa com pesquisadora (6/11/2019)

Que estratégias de comunicação e educação os museus de arte promovem para construir o contato e diálogo de um público de não-especialistas com o mundo da arte?

Na próxima edição de nossa série de Conversas com pesquisadores, o CPC recebe a educadora Andrea Amaral Biella, que apresentará e discutirá com o público sua tese de doutorado, recentemente defendida na Faculdade de Educação da USP, sobre a ação educativa promovida no Museu de Arte Contemporânea da USP.

Continue reading “Conversa com pesquisadora (6/11/2019). Museu de arte, setor educativo e seus públicos: encontros com artistas”

Estágio remunerado CPC-USP – Comunicação

O Centro de Preservação Cultural seleciona graduandos dos cursos de Relações Públicas e Jornalismo da  da ECA-USP para uma vaga de estágio remunerado.

O candidato deverá desempenhar  atividades de apoio  na produção de conteúdo e de relatórios de desempenho de mídias sociais; produção e envio de releases, materiais impressos e eletrônicos para divulgação de eventos;  atualização de mailing; atualização de clipping; elaboração de boletim eletrônico;  realização de eventos acadêmicos e culturais.

Os interessados devem enviar currículo até 30 de outubro de 2019 para anacm@usp.br, aos cuidados de Ana Célia de Moura.  O processo de inclui avaliação de currículo, histórico escolar,  entrevista e preenchimento de formulário no local.

 

Vaga: Comunicação

Carga horária: 20 horas semanais

Valor da bolsa: R$ 682,49 + auxílio transporte

Horário: a combinar

Local: CPC-USP/Casa de Dona Yayá
Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, São Paulo
https://goo.gl/maps/BP3KQdyDzKP2

 

Debatendo os territórios de interesse da cultura e da paisagem

Seminário Debatendo os territórios de interesse da cultura e da paisagem

O atual Plano Diretor do Município de São Paulo prevê a implementação de um instrumento urbanístico chamado “Território de interesse da cultura e da paisagem” (TICP). Os TICPs preveem a articulação de pautas relacionadas à educação, cultura e meio-ambiente, entre outras, no planejamento local de determinadas regiões da cidade, reconhecendo as práticas culturais e seus agentes aí localizados, bem como características peculiares de paisagem e ambiente. De especial interesse ao campo do patrimônio cultural, os TICPs potencializam um entendimento do território que pode virtualmente superar, por exemplo, fronteiras entre o patrimônio material e imaterial e entre os bens culturais e seus detentores e habitantes.

O presente seminário pretende apresentar práticas e reflexões que colaborem com a implementação adequada dos TICPs — seus limites, potenciais e desafios — oriundas dos campos da educação, da cultura e do meio ambiente. Além disso, haverá reflexões específicas a respeito da implementação do instrumento nos territórios já definidos pelo Plano Diretor: Jaraguá–Perus e Paulista–Luz.

Continue reading “Debatendo os territórios de interesse da cultura e da paisagem”

Domingo na Yayá (20/10): Oficina Fachadas da Bela Vista/MAC-USP

 

O CPC recebe o Museu de Arte Contemporânea  da USP para esta oficina com participação livre para adultos e crianças. O tema é a obra  Casas,  realizada em 1953 pelo artista italiano Alfredo Volpi . As educadoras  Andrea Amaral Biella e Maria Angela Serri Francoio vão orientar uma roda de conversa e de experimentação de jogos de quebra-cabeças, tendo em vista uma das temáticas do artista: a representação de fachadas.  Os participantes também serão convidados a realizarem desenhos e pinturas das fachadas das construções e moradias do bairro da Bela Vista, onde está localizada a sede do CPC, aplicando a técnica da tinta têmpera, muito utilizada por Volpi.

A pintura Casas pertence ao acervo do MAC-USP, que  foi criado em 1963, quando a Universidade de São Paulo recebeu o acervo do antigo Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo. De posse desse rico acervo composto de obras de Amedeo Modigliani, Pablo Picasso, Joan Miró, Alexander Calder, Wassily Kandinsky, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Emiliano Di Cavalcanti, Alfredo Volpi e Lygia Clark, dentre tantos outros artistas, o novo museu passou a atender aos principais objetivos da universidade, isto é, busca de conhecimento e sua disseminação qualificada para a sociedade. Instalado em um complexo arquitetônico criado nos anos de 1950 pelo arquiteto Oscar Niemeyer, tem um acervo de cerca de 10 mil obras, incluindo pinturas, gravuras, fotografias, arte conceitual, objetos e instalações. Centro de referência de arte moderna e contemporânea, brasileira e internacional, mantém à disposição de estudantes, de especialistas e do público em geral uma biblioteca e um importante arquivo documental.

A programação integra a proposta da exposição “Museus e Acervos da USP” de divulgar o rico patrimônio cultural em acervos e coleções que cumprem importante papel na construção do conhecimento, pesquisa científica e extensão universitária.

Data

06/10/2019

Horário

Das 11h às 12h30

Local

CPC-USP/Casa de Dona Yayá
Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista – São Paulo

 Entrada gratuita – Para todas as idades

Domingo na Yayá (06/10): CoralUSP Grupo Feminino

 

 

O CoralUSP vem à Casa de Dona Yayá no próximo domingo com o grupo Feminino para apresentar “O Canto das Sereias”, programa composto por peças do repertório universal para coro feminino, compreendendo peças eruditas e populares, sacras e profanas, a capella ou com acompanhamento de piano e percussão.

O evento é parte do Domingo na Yayá, ação cultural do CPC de divulgação e fruição do patrimônio da Universidade de São Paulo. A programação variada compreende a visitação à Casa de Dona Yayá, exposições, apresentações musicais e oficinas para adultos e crianças. 

 

Local
CPC-USP/Casa de Dona Yayá
Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista – São Paulo, SP

Data
06 de outubro de 2019

Horário
Abertura da Casa de Dona Yayá: das 10h às 13h
Apresentação: das 11h às 12h

Entrada gratuita

O mundo natural nos museus. Exposições em museus de história natural como representação cultural

Curso de difusão: O MUNDO NATURAL NOS MUSEUS EXPOSIÇÕES EM MUSEUS DE HISTÓRIA NATURAL COMO REPRESENTAÇÃO CULTURAL

Como o mundo natural é representado por museus de história natural? Como suas exposições mobilizam narrativas sobre a natureza e o que elas dizem sobre a maneira como nossa sociedade lida com o mundo natural? Como se constituem os acervos desses museus e como eles são tratados?

Os museus de história natural abrigam as maiores coleções científicas e suas exposições figuram entre as mais visitadas. A análise historiográfica sobre a constituição arquitetônica destes espaços e da representação do mundo natural em suas exposições visa contribuir para o debate e compreensão do sistema de comunicação estabelecido por essas instituições na sociedade contemporânea.

Continue reading “O mundo natural nos museus. Exposições em museus de história natural como representação cultural”

Domingo na Yayá (15/09): CoralUSP Grupo Andante

 

O CoralUSP Grupo Andante apresenta-se neste domingo, dia 15/09, na Casa de Dona Yayá. Sob a regência de Tiago Pinheiro, o grupo desenvolve um repertório eclético, que traz de composições renascentistas à música popular brasileira e cantos da cultura tradicional.  A proposta do grupo, que desenolve o projeto Panorama Coral, é percorrer um breve histórico das bases formadoras do ambiente musical contemporâneo, com arranjos a cappella ou acompanhados por cordas e percuteria.

O Coral da Universidade de São Paulo (CoralUSP) é formado por vários grupos com diferentes propostas artísticas que somam 560 coralistas. Fundado em 1967 pelo maestro Benito Juarez e José Luiz Visconti, o coral faz parte do quadro da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP (PRCEU–USP) e é aberto a toda a comunidade — qualquer pessoa maior de 18 anos pode participar.

Local
CPC-USP/Casa de Dona Yayá
Rua Major Diogo, 353 – Bela Vista – São Paulo, SP

Data
15 de setembro de 2019

Horário
Abertura da Casa de Dona Yayá: das 10h às 13h
Apresentação: das 11h às 12h

Entrada gratuita